A falta de identidade das empresas

Sabe aquela empresa de fast-food com o logotipo com dois arcos amarelos formando a letra “M” sob um fundo vermelho? Se você sabe, entende o que é identidade!

Por @cristianoweb - Em 14.10.2015


Imaginem a seguinte situação: você está no Facebook e um amigo compartilha um site super bacana e depois de ler a menção você se interessa e resolver clicar no link. À partir daí você entra no site que é um pouco diferente do que você viu na menção, sem muita identidade, e fica em dúvida se é realmente nessa URL que você deveria estar. Você olha de novo no Facebook, confere o link, dá uma olhada na imagem e ainda sim, não consegue ver unidade entre as duas coisas, e então desiste e fecha a aba no navegador.

Quem nunca?

Pois é amigos, essa é uma situação muito comum, infelizmente. Quando falamos de identidade visual estamos falando de sites, redes sociais, e-mail marketing e claro, impressos offline também. E o que mais vemos hoje é um site tem que um determinado estilo, que é diferente da página no Facebook, e um outro conceito no cartão de visita.

Porque isso acontece?

Existem várias razões, mas eu acredito que a falta do conceito de comunicação desde o início é o que provoca a falta de identidade no decorrer do caminho. Seja porque a empresa contratou vários designers no período e cada um tinha uma linha visual, seja por faltar alguém na direção na empresa que possa opinar ou se responsabilizar por essa demanda, etc.

O fato é que identidade não é só a arte do topo do Facebook, ou da criação do logotipo. Não, vai muito mais além. Eu costumo dizer que é preciso pensar na comunicação desde o dia da criação da empresa. Muitas sequer pesquisam na Internet sobre os nomes desejados a disponibilidade de domínios e ‘usernames’ (recomendo a leitura do ótimo artigo da Luna Meyer no Linkedin, que me inspirou esse post).

Imagine que depois de um ótimo ‘brainstorm’ a direção da empresa definiu um nome bem bacana e mandou o designer criar o logotipo, os padrões de cores, a tipologia, iconegrafia baseada nesse briefing. O profissional entrega as artes e todos ficam satisfeitos e só então fazem uma pesquisa de disponibilidade de domínios e ‘usernames’ nas redes sociais e aí percebem que muitas URLs já são utilizadas por outras empresas ou pessoas e aí começa a variação sem fim de identidades.

Muito mais só do que ter uma identidade única em todas as plataformas, é preciso que a empresa tenha uma expressão única em todas elas. Por isso empreendedor, quando você estiver pesando naquela ideia genial para a sua startup, pesquise não só boas soluções visuais para o logotipo, sites e redes sociais, mas como também toda expressão de uma comunicação única.