Como a assessoria de imprensa pode alavancar o seu negócio

Entenda o que de fato faz uma assessoria de imprensa e saiba como usá-la

Por Monique Fernandes - Em 01.09.2015


Frequentemente a gente recebe, na Tagarela, pessoas querendo contratar os nossos serviços sem saber direito o que a gente faz. Como isso é recorrente, é válido uma explicação sobre o que faz uma assessoria de imprensa e para que serve.

Muitas vezes o candidato a cliente nos procura no momento errado. Muito no começo, em fase de ideia ou validação, onde não podemos fazer muita coisa pela a empresa. Já falamos sobre isso aqui no blog.

O trabalho de assessoria de imprensa é extremamente estratégico para aumentar a visibilidade da empresa com os públicos certos. Por exemplo, o lançamento de um livro, quando publicado nos canais certos, pode aumentar significativamente as vendas desse produto. A proposta é gerar o que chamamos de mídia espontânea. Não, você não paga pelo espaço. Isso é publicidade!

O que realmente faz uma Assessoria de Imprensa?

Muitas pessoas perguntam o que faz um assessor de imprensa. Em tempos de Operação Lava-Jato, é comum ver esses profissionais sendo mencionados junto aos advogados emitindo notas oficiais e respondendo entrevistas no lugar dos clientes. Isso é gerenciamento de crise e é apenas uma parte do nosso trabalho.

No dia a dia, basicamente, somos o elo entre o cliente e o jornalista. Apresentamos a empresa, o porta-voz e todas as informações que possam ser de interesse daquele veículo. O objetivo é que o jornalista procure o cliente quando precisar para uma pauta que ele esteja fazendo, ou quem sabe, fazer uma matéria em cima daquele cliente.

O assessor de imprensa está ali para te preparar para uma entrevista, independente se foi ele quem conseguiu a matéria, ou o jornalista te procurou diretamente. Aliás, esse é uma outra função nossa: evitar que o jornalista te ligue inesperadamente. Basicamente, fazemos a ponte entre essas duas pessoas. Isso é uma forma de evitar que informações indesejadas sejam publicadas.

Como funciona o trabalho de Assessoria de Imprensa?

Precisamos pontuar: o assessor não é um santo milagreiro! O jornalista gosta de boas fontes e boas histórias, logo, se você não tem o que contar, o assessor de imprensa não consegue vendê-lo bem para os jornalistas. Não podemos inventar histórias! Porém, podemos direcioná-lo para fazer ações que podem virar notícia!

Se você contrata um assessor de imprensa e coloca como meta uma capa de revista você está fazendo isso errado! O assessor não interfere na linha editorial do veículo. Isso quem decide é o editor, se ele se interessar pelo seu case, sua história, se ele achar pertinente para o público daquele jornal ou revista, você terá a capa naturalmente!

A assessoria de imprensa tem amplo conhecimento dos jornalistas, veículos e os espaços dentro de cada mídia. Por exemplo, você abriu um restaurante e precisa que as pessoas conheçam o seu estabelecimento. Quais são os jornais, revistas, blogs e sites que os seus potenciais clientes leem?

Esse é o papel que o assessor de imprensa desempenha, ele traça uma meta, alinha com o cliente esse objetivo, cria uma plano de comunicação, lista todos os espaços, sua relevância e quais formas a sua empresa/marca pode participar das matérias feitas por eles. Na sequência ele vai entrar em contato com a imprensa para apresentar o cliente.

Eu pago para sair em matérias?

Como já dissemos no início do texto, o trabalho de assessoria de imprensa é buscar colocar o cliente como fonte em matérias, logo, não você não pagará ao veículo pelo espaço. Inserção paga é publicidade! Alguns posts em blogs são pagos, mas isso tudo é acordado com o cliente e nada é feito sem a anuência dele. Porém, esses posts ficam bem claros, desde o início, para o leitor, que não é uma matéria isenta, e sim uma propaganda.

Como já dito, o trabalho do assessor é criar o relacionamento da empresa com o jornalista. Isso é feito através de contato telefônico, e-mails e, em alguns casos, cafés e almoços. Porém, vale ressaltar que, um encontro presencial de relacionamento com o jornalista não o obriga a escrever uma matéria ou dar uma capa de revista para sua empresa.

A chance que a sua empresa tem de sair em uma matéria é ter relevância para o público daquela mídia. Infelizmente, está fora de alcance da assessoria de imprensa interferir no que vai ser publicado, no texto do jornalista, no tamanho da matéria, se vai ser capa ou não. Isso é papel do editor do veículo. O seu papel é pedir que o seu assessor faça contatos com a mídia com frequência.