15 livros de mulher para mulher

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher separamos uma lista com livros escritos especialmente por e para mulheres

Por Vanessa Santos - Em 08.03.2017


Que as mulheres estão ocupando cada vez mais espaços não há dúvidas. E foi-se o tempo em que livro para elas era sinônimo de romance, água com açúcar e todos esses outros clichês. Elas podem interessar-se por esse tipo de leitura, mas também procuram cada vez mais por temas como empreendedorismo, empoderamento feminino, negócios, conciliação entre família e carreira, feminismo, entre outros. Pensando nisso separamos uma lista com 15 sugestões de publicações que não só foram feitos para mulheres, como foram escritos por elas.

Mulheres Poderosas Têm Ambição, de Heather McGregor

Seja bem-vinda ao mundo da Sra. Moneypenny. Aqui tudo depende, essencialmente, dos seus conhecidos e dos seus conhecimentos. Um mundo onde não se pode ter tudo, mas no qual é preciso fazer de tudo. Onde mulheres que desejam chegar ao topo precisam aprender a dizer “não” na hora certa. A antenada e bem-sucedida colunista do Financial Times e estrela do programa Superscrimpers, da rede de TV britânica Chanel 4, tem a missão de ajudá-la a progredir em sua vida profissional. Neste livro incisivo, de linguagem ao mesmo tempo franca e divertida, a Sra. Moneypenny explica tudo o que você precisa saber para ter sua carreira sob controle: desde aumentar sua rede de contatos e se fazer notar até a arte de delegar tarefas e entender de cálculos complexos. A autora compartilha em forma de conselhos práticos e originais sua experiência de vida em comandar negócios de sucesso e liderar pessoas.

Um teto todo seu, de Virginia Woolf

Baseado em palestras proferidas por Virginia Woolf nas faculdades de Newham e Girton em 1928, o ensaio “Um Teto Todo Seu” é uma reflexão acerca das condições sociais da mulher e a sua influência na produção literária feminina. A escritora pontua em que medida a posição que a mulher ocupa na sociedade acarreta dificuldades para a expressão livre de seu pensamento, para que essa expressão seja transformada em uma escrita sem sujeição e, finalmente, para que essa escrita seja recebida com consideração, em vez da indiferença comumente reservada à escrita feminina na época.

Breve História do Feminismo, de Carla Cristina Garcia

O feminismo pode ser definido como a tomada de consciência das mulheres como coletivo humano da opressão e exploração por parte do coletivo de homens no seio do patriarcado sob suas diferentes fases históricas. Desta forma, se articula como filosofia política e, ao mesmo tempo, como movimento social. É, ainda, uma consciência crítica sobre as tensões e contradições que encerram todos esses discursos que intencionalmente confundem o masculino com o universal.

Manual para Jovens Sonhadores, de Nathalie Trutmann

Nathalie Trutmann nos ensina que não importa a idade ou o momento em que estamos na vida, devemos sonhar de olhos abertos. Porque quanto mais alertas estamos, mais fácil não deixar nossos sonhos passarem. A autora aponta um mapa para que o leitor trace e encontre por conta própria os caminhos de sua realização. E mostra que a busca pelo tão sonhado sucesso pode caminhar de mãos dadas com um grande investimento que é mais rentável quando cada um permanece fiel ao próprio sonho. Nathalie é Diretora de Inovação da FIAP, viajante e sonhadora, e anda pelo mundo dando palestras envolvida em implementar iniciativas que transformem a experiência educacional dos jovens. Este livro ajuda os empreendedores a encontrarem em seus sonhos a vocação que vai gerir suas vidas e os adultos que esqueceram como a arte de sonhar pode despertar o melhor de suas vidas.

O Livro Vermelho das Mulheres Empreendedoras, de Guernica Facundo Vericat

Livro imprescindível para que as mulheres que vão iniciar o seu negócio conheçam as condicionantes de gênero e do mercado. Dá resposta às milhares de mulheres que encontram no empreendedorismo a sua opção de vida ou solução para os seus problemas de subsistência e divide-se em três grandes áreas: Nós, empreendedoras; o modelo de negócio e o ambiente familiar, profissional e familiar. No fim do processo, as empreeendedoras terão sido capazes de compreender as especificidades de ser empresária; reconhecer os alertas do mercado e os estereótipos mais comuns; partilhar experiências de outras mulheres empresárias; gerir as aptidões, motivações e emoções visando as boas decisões, etc.

Manual da CEO. As Estratégias Essenciais das Mulheres Bem-Sucedidas, de Sharon Hadary e Laura Henderson

Lições indispensáveis das grandes líderes para turbinar sua carreira! Quais são as qualidades mais importantes para as mulheres em posições de poder? Quais os grandes desafios para liderar homens, mulheres ou grupos mistos? Como preparar equipes para mudanças, criar respeito, motivar equipes e instaurar um conceito novo num universo ainda de pensamento masculino? As mulheres estão cada vez mais assumindo cargos de liderança, mas ainda este cenário é desproporcional e o caminho continua a ser trilhado pelo mesmo pensamento masculino. Isso pode funcionar um pouco, mas será que não é a hora de aprender a usar suas habilidades femininas? Escrito por duas especialistas em liderança e empresárias bem-sucedidas, este livro oferece às mulheres informações essenciais sobre como se tornar uma grande líder. Este é um livro que traz a experiência real, de como lidar em posições de gestão e, sobretudo, para que esta oportunidade a leve cada vez mais a um patamar de aprendizado e crescimento profissional, sem se perder nos erros e armadilhas do mundo corporativo. Chegou a hora de ganhar a confiança e os conhecimentos necessários para ascender no mundo dos negócios!

Empreendedoras. Coaching – Dicas de mulheres inspiradoras que estão no comando de sua carreira, de Andreia Roma

Este livro faz uma compilação da história de vida de mulheres que estão à frente de suas carreiras, objetivos e esforços. Mulheres guerreiras que não se abalam diante das crises; incrivelmente, elas enxergam momentos de crises como oportunidades de crescimento!
Essas mulheres compartilham suas histórias de vida, suas crenças, suas opiniões a respeito de fatos cotidianos, seus maiores desafios e suas conquistas. Elas provam que a sensibilidade feminina faz a diferença quando se está em qualquer posição. Elas mostram que uma mulher está sempre disposta a enfrentar as situações desafiadoras, sem perder o equilíbrio e, principalmente, sem perder de vista o outro, o tão importante lado social e humano.

Faça Acontecer – Mulheres, trabalho e a vontade de liderar, de Sheryl Sandberg

As mulheres compõem hoje grande parte de força de trabalho no mundo. Mas ainda são os homens que dominam os cargos de liderança. Dos 195 países independentes no mundo, apenas dezessete são governados por mulheres. A porcentagem feminina em papéis de liderança é ainda menor no mundo empresarial. Isso significa que, quando se trata de tomar as decisões mais importantes para todos, a voz das mulheres não tem o mesmo peso.

Girl Boss, de Sophia Amoruso

Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.

Mulheres no topo – Como mulheres bem sucedidas conciliam trabalho e família, de Diane F. Halpern e Fanny M. Cheung

Conciliar lar e carreira, além de cuidar de si mesma, é uma tarefa que exige dedicação, paciência e sabedoria. Por este motivo, a maioria das mulheres decide seguir apenas um dos caminhos. Com o intuito de revolucionar este paradigma, as autoras Diane F. Halpern e Fanny M. Cheung reuniram depoimentos de profissionais influentes, que enfrentaram desafios e superaram diversas limitações culturais, a fim de mostrar que é possível a conciliação de maneira bem-sucedida. A partir de suas trajetórias, o livro constrói um olhar extremamente inspirador sobre o espaço da mulher na era atual, oferecendo-lhe valiosas sugestões.

Elas empreendedoras, de Bruna Villas Boas Diehl e Andrea Villas Boas

A mulher brasileira é historicamente uma das que mais empreendem no mundo. Um dos objetivos deste livro é contribuir para a visibilidade do empreendedorismo feminino no país, seu peso, valor e desempenho. Aquelas que almejam abrir um negócio, mas ainda não se aprofundaram no assunto, vão obter informações valiosas e atualizadas; quem já tem os dados e só precisa de um exemplo inspirador, encontrará muitos nos casos apresentados.

Memórias de Uma Mulher Impossível, Rose Marie Muraro

Trata-se da história de uma testemunhas dos mais importantes acontecimentos do Brasil no século XX – políticos, culturais e ideológicos. Rose Marie Muraro pertenceu a uma das mais ricas famílias do Brasil nos anos 1930/40. Aos 15 anos, com a morte repentina do pai e conseqüentes lutas pela herança, rejeitou sua origem e dedicou o resto de sua vida à construção de um novo mundo: mais justo, mais livre. Nesse mesmo ano conheceu o então padre Helder Câmara e se tornou membro da sua equipe. Os movimentos sociais criados por ele nos anos 40 tomaram o Brasil inteiro na década seguinte. Nos anos 60, o golpe militar teve como alvo não só os comunistas, mas também os cristãos de esquerda. A editora Vozes é um capítulo à parte na vida de Rose. Lá, trabalhou com Leonardo Boff durante 17 anos e das mãos de ambos nasceram os dois movimentos sociais mais importantes do Brasil, no século XX. Nos anos 80, presenciou a virada conservadora da Igreja. E em 1986, Rose e Boff foram expulsos da Vozes, por ordem do Vaticano. Motivo: a defesa da teologia da libertação, no caso de Boff e a publicação, por Rose, de seu livro Por uma erótica cristã. Formada em física, escritora, editora, Rose Marie Muraro foi eleita, por nove vezes, A Mulher do Ano. Em 1990 e 1999, recebeu, da revista Desfile, o título de Mulher do Século. E da União Brasileira de Escritores, o de Intelectual do Ano, em 1994. O trabalho de Rose, como editora, foi um marco na história da resistência ao regime militar. Por conta dele, recebeu, recentemente, do Senado Federal, o prêmio Teotônio Vilela, em comemoração aos 20 anos da anistia no Brasil. Edita, atualmente, o selo Rosa dos Tempos, da Record.

Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe – 101 Erros que Atrapalham Sua Carreira, de Lois P. Frankel

A autora, executiva de renome internacional, viu muitas profissionais talentosas naufragarem ao longo de seus 25 anos de trabalho. Determinada a encontrar a resposta para esse mistério, ela passou a observar mais atentamente o comportamento de homens e mulheres no universo corporativo. E conclui que, na verdade, é a própria mulher quem sabota inconscientemente sua carreira. Neste livro revelador, você conhecerá os 101 erros que as mulheres cometem no ambiente de trabalho e saberá exatamente o que fazer para evitá-los. Os obstáculos que impedem seu sucesso profissional desaparecerão de uma vez por todas e sua carreira ganhará novo impulso.

Empreendedoras de Alta Performance, de Tatyane Luncah e Vanessa Cotosck

Elas estão mudando o mundo a muito tempo, fazendo a diferença e influenciando culturas e países. Essas mulheres representam todas as empreendedoras do mundo, inovações, sucessos que aprenderam com erros e acertos. E estão aqui para mostrar ao leitor através de suas histórias que ter alta performance é possível, ser um diferencial no mercado é possível, evoluir é possível. Alta Performance significa atingir todo seu potencial, e esta obra trás mulheres que fizeram e fazem isso todos os dias em suas empresas, e podem através de seu trabalho desfrutar de tudo que suas habilidades possam proporcionar a cada uma delas.

Minha História das Mulheres, de Michelle Perrot

É a obra mais acessível e instigante da historiadora Michelle Perrot. Nasceu de um programa de rádio francês que fez enorme sucesso ao divulgar com clareza e entusiasmo, para um público de não especialistas, o conteúdo de mais de 30 anos de pesquisas e reflexões acadêmicas. Transformado em livro, depois traduzido e publicado no Brasil pela Editora Contexto, narra em cinco capítulos o processo da crescente visibilidade das mulheres em seus combates e suas conquistas nos espaços público e privado. Mães e feiticeiras, trabalhadoras e artistas, prostitutas e professoras, feministas e donas-de-casa e muitas outras personagens femininas fazem parte desse relato sensível e atual de uma das pesquisadoras mais conceituadas da história das mulheres.