BB-8: como a Sphero revolucionou o mercado com um simples robô

Empresa fruto da Techstars inovou com o personagem mais simpático do novo Star Wars

Por Felipe Vinha - Em 15.12.2015


O novo Star Wars está prestes a estrear. Com ele, teremos uma série de personagens inéditos, entre vilões e mocinhos. Mas um deles chamou a atenção desde o primeiro trailer, que foi justamente o robôzinho BB-8. Em formato circular, o simpático ser dominou os fãs e também o mercado de brinquedos – tudo isso graças ao trabalho da Sphero.

A Sphero nasceu como uma startup de tecnologia simples, especializada em robôs esféricos, com intuitos diferentes, desde educativos e acadêmicos, passando por causas medicinais. Acelerada pela Techstars, do Startup Weekend, nos EUA, a empresa chegou a conclusão do programa em 2010, e desde então vem produzindo pequenas esferas automáticas, capazes de andar em terrenos variados e sempre com muito carisma.

O sucesso dos negócios atraiu a atenção da Disney, que resolveu trazer a Sphero para baixo de suas asas. Afinal, BB-8 é um robô composto basicamente por duas esferas, lembrando o número oito. Além disso, sua movimentação lembrava muito os robôs produzidos pela própria empresa, o que, claro, traça paralelos automáticos.

A partir do programa Disney Accelerator, que investe em pesquisadores e startups dispostos a avançar a tecnologia que possa ser utilizada pelos estúdios, a empresa do Mickey fez um grande processo de seleção, onde a Sphero participou e saiu como uma das selecionadas. A Disney, claro, se interessou bastante no produto conhecido como “Sphero 2.0”, que tinha especificações muito similares as de BB-8.

Após muito tempo de desenvolvimento e da parceria firmada entre a aceleradora da Disney e a Sphero, o BB-8 de brinquedo foi lançado no mercado custando “módicos” US$ 150. Apesar do preço salgado, o brinquedo esgotou rapidamente das lojas. Versão miniatura do personagem visto nas telonas, o brinquedo é controlado por um aplicativo de celular e pode, entre outras coisas, se movimentar livremente e ser programado para funcionar em modo automático, como um guardião dos cômodos de sua casa, andando sem que ninguém o comande.

Há casos em que o talento de empreendedores se somam com grandes chances e coincidências que aparecem na carreira, como o lançamento de uma grande marca ou algo que se assemelha ao produto que você já tem. Para a Sphero, fazer parte da Techstars foi um grande passo na carreira, que os levou ao encontro da Disney Accelerator poucos anos depois. Hoje eles possuem o brinquedo mais vendido do natal norte-americano. A Força definitivamente esteve com eles.