BlizzCon 2015 mostra por que é importante amar seu público

Não é só ganhar dinheiro, é saber se relacionar.

Por Felipe Vinha - Em 09.11.2015


Você pode não conhecer a Blizzard, mas já ouviu falar em WarCraft, StarCraft ou até Diablo. E que tal World of WarCraft, o RPG online mais famoso dos últimos 10 anos? A Blizzard é a produtora desses jogos de computador, sediada em Irvine, nos Estados Unidos. Anualmente (ou quase isso), ela promove o evento chamado BlizzCon, com dois dias exclusivos para seus fãs testarem novidades em primeira mão e vivenciarem um ambiente de pura diversão.

Ganhar dinheiro com seu negócio é importante e a Blizzard, como qualquer outra empresa, está interessada em aumentar seu faturamento e arrecadação cada vez mais. Porém, nem sempre o valor monetário precisa ser o objetivo prioritário – ele pode ser a consequência de outras coisas bem feitas, como no caso da BlizzCon. Temos aqui um excelente case de empresa que ama o seu público. No sentido mais puro da palavra.

Servindo bem para servir sempre

Quem gosta de videogame, gosta de compartilhar experiências. Jogar com amigos. Conversar com outros que curtem a mesma coisa que você. Encontrar pessoas que trabalham na produção desses títulos. Uma infinidade de coisas que podem ser feitas na BlizzCon. Com um evento deste porte, a Blizzard consegue não apenas aproximar sua comunidade, mas fortalecê-la.

Nos dois dias que estive por lá, pude ver fãs curtindo tudo sem reclamar de nada. Também pudera: o que mais tem é coisa para fazer, seja jogar o último lançamento da empresa que ainda nem saiu no mercado, tirar fotos com celebridades deste universo, ganhar brindes, assistir campeonatos ao vivo e, de quebra, com um show do Linkin Park ao final, na faixa (o show musical muda, a cada ano).

Ocupando praticamente todo o espaço do Anaheim Convention Center, a BlizzCon quase pode ser chamada de “BlizzLand”, com tanto que o fã pode ser envolvido por lá. Mesmo quem está começando agora pode se divertir e aprender, muito, de como é curtir esses jogos.

Tudo isso tem um preço, é claro, e o ingresso não é nada barato. Mas você vê alguém reclamando entre os corredores do centro de convenções? Eles estão mais interessados em curtir um show de música, a abertura apoteótica ou acompanhar novidades e detalhes da produção dos games em painéis exclusivos, que rolam ao longo dos dias.

Realizar eventos temáticos com seu público pode ser uma ótima saída para fidelizar os fãs e fazer com que eles se envolvam mais com seus negócios. Se hoje a Blizzard promove sua própria feira, é porque ela viu que essa era uma fórmula necessária para demonstrar seu amor aos clientes. Ganhar dinheiro é e vai continuar sendo importante, mas é muito melhor quando vem como consequência de suas ações quase que naturais à frente dos negócios.