Clube Brincante leva brinquedos educativos e sensoriais para Shell Iniciativa Jovem

A startup foi a segunda colocada na feira de negócios do programa, e nasceu da experiência pessoal de sua fundadora

Por Vanessa Santos - Em 12.12.2017


Imagine um e-commerce com brinquedos diferenciados, que estimulem as crianças de forma educativa por meio de atividades sensoriais. Imaginou? Essa é a ideia do Clube Brincante, startup que ficou na segunda posição da edição de 2017 da Feira de Negócios do Shell Iniciativa Jovem.

Capitaneada por Izabella Medeiros, a empresa nasceu com um objetivo muito claro. “A ideia é ofertar meios para que as crianças se desenvolvam e alcancem todo seu potencial através das brincadeiras, facilitando o crescimento, aprimoramento de habilidades motoras, comunicação, relacionamentos grupais, concentração e criatividade”, explica a empreendedora.

A motivação para a criação da empresa, como ela explica, veio de sua vida pessoal. “O Clube Brincante surgiu da minha dificuldade em achar materiais e recursos terapêuticos no mercado para desenvolver minha filha, que nasceu prematura extrema com 25 semanas de gestação”, conta ela, que ainda completa: “Ao compartilhar isso em minhas redes sociais, descobri que a dificuldade que vivia também era comum a muitos pais com filhos especiais, bem como de profissionais na área de desenvolvimento. Disso surgiu a motivação de criar a e-commerce e disponibilizar esses materiais para todo país”.

De acordo com Izabella, a participação no Shell Iniciativa Jovem foi importantíssima. “O programa me ajudou a organizar minhas ideias e a estruturar minha empresa, me ensinando a empreender com responsabilidade no mercado”, diz ela, que não esperava uma colocação tão boa na feira de negócios. “Embora tenha me dedicado muito, sempre procurei não gerar expectativas em relação a colocações. Por isso foi uma deliciosa surpresa estar entre as três primeiras colocadas, o que me deixou muito feliz”.

Com site no ar há apenas seis meses, a empresária comenta que a startup vai muito bem. “Estamos faturando bem”, orgulha-se. Por isso, as expectativas são as melhores possíveis. “Pretendemos crescer e ampliar nosso portfólio de produtos, e estamos criando e desenvolvendo nossa linha de brinquedos feitos com madeira de reflorestamento”, finaliza.