“Conquistar o investidor é como conquistar uma garota”

Dave Parker dá dicas em encontro para comunidade de empreendedores Cariocas

Por Monique Fernandes - Em 18.11.2015


No último fim de semana Dave Parker, ex-VP da UP Global (que se uniu a Techstars), esteve no Rio para ser mentor no Startup Weekend Olympics. Atualmente como CEO da Code Fellows, empresa com sede em Seattle, Dave Parker participou de um encontro fechado com a comunidade de empreendedores Cariocas. No papo que durou duas horas, do alto dos seus 52 anos, Parker falou sobre diversos processos de criação e fomento de uma comunidade sólida, internacionalização e como conquistar um investidor.

Na conversa, um dos pontos destacados como um grande desafio para Parker, é a internacionalização de empresas. Para ele, o grande calcanhar de Aquiles nesse processo é o empreendedor não conhecer o mercado e a cultura local. “Eu vivi uma experiência dessas na China. Eu conheço dos EUA e absolutamente nada sobre a China. Na época, quando me perguntavam o que conhecia, apenas dizia que seguia às instruções dos que já trabalhavam lá. Me sentia como a claque de programa de auditório: quando pediam para aplaudir, eu aplaudia; quando era para rir, eu ria”, lembra Parker.

Um bom planejamento e a aquisição de um concorrente no país em que deseja ganhar mercado é fundamental para ser bem sucedido. “Aquele time é local e conhece bem a cultura do país, afinal é cultura deles. Você nunca vai conhecer mais sobre aquele país do que os nasceram lá”, diz.

Conquistar investimento é como conquistar uma garota

Os empreendedores cariocas apontaram para Dave a grande dificuldade em se conseguir investimento no Brasil, principalmente em tempos de economia instável. Dave explica que dificuldades sempre vão existir, mas que está nas mãos dos empreendedores a chance de driblá-las. “Quando os empreendedores chegam ‘Por favor, senhor investidor, me dá uma ajuda, preciso de dinheiro.’ Nenhum investidor vai ter interesse pelo seu produto assim. Agora, se você chega com as perguntas certas e mostra que a sua empresa é extremamente interessante para o portfólio daquele investidor, ele vai querer conversar contigo. Basicamente é como conquistar uma garota”, explica Parker.

Nessa linha, Dave elenca os principais motivos para se investir em uma empresa, “Na Techstars investimos em cinco fatores: time, time, time, mercado e ideia. Necessariamente nessa ordem, pois um bom time consegue executar qualquer ideia se for necessário mudar no meio do caminho. A ideia boa, num time ruim, a startup acaba morrendo e o investidor perdendo o investimento”, explica.

Para fechar o evento, ele termina com uma dica de ouro para qualquer empreendedor sobre como apresentar a empresa para um investidor “Nunca cheguem falando ‘a mídia publicou uma matéria sobre a gente’, Isso é ‘bullshit‘ para a gente. Falem o que realmente importa: Quanto você já vendeu, se o seu negócio é realmente lucrativo. Mostrem resultados. É disso que estamos atrás”, enfatiza.