Empreendedor universitário: saiba colocar sua ideia em prática

Está na faculdade, tem uma ideia na cabeça e ainda não sabe por onde começar?

Por Felipe Vinha - Em 27.07.2015


Trabalhar e estudar é sempre um desafio. Chegar em casa tarde de noite, após um dia inteiro na faculdade e no “trampo”, requer uma garra ainda maior. Muitos já passaram por isso e o exemplo é seguido cada vez mais por jovens no mundo todo. Mas você já pensou em colocar sua ideia de empreendimento próprio em prática? Que tal reservar um pouco mais do seu tempo livre para finalmente dar início ao seu plano empreendedor, enquanto ainda está na faculdade? Muitos bons contatos nascem nessa época, e negócios de sucesso são fundados antes mesmo de termos o canudo do diploma em mãos.

Chacoalhe as ideias

Alexandre Muller, um dos criadores do Ideation Brasil, organização de fomento ao universitário empreendedor, dá cinco dicas para quem quer colocar as ideias em prática ainda no tempo de faculdade, mas não sabe bem por onde começar. Confira:

Dica 1

Dê o primeiro passo: esse parece a dica mais clichê. Porém, é super importante e verdadeira. Dar o primeiro passo não é fácil, mas se você não sair da inércia e ao menos tentar colocar em pratica suas ideias, nada irá acontecer.

Dica 2

Não espere o momento ideal: a grande verdade é que não há momento ideal para começar. Não espere aquele semestre mais “tranquilo” para empreender seu projeto, pois ele provavelmente não chegará. Comece já! O tempo é o único recurso que é igual para todos, então basta você se organizar e administrar melhor seu tempo para ser mais produtivo.

Dica 3

Busque um mentor ou algum exemplo de sucesso para seguir: há vários cases de sucesso de empreendedores universitários. Busque entender como eles pensam e como deram os primeiros passos. Garanto que, em sua universidade, haverá alguém que estará disposto a te orientar se você pedir ajuda.

Dica 4

Menos teoria e mais prática: na universidade estamos acostumados a escrever trabalhos acadêmicos e resolver problemas teóricos. Para empreender, você precisa mudar a chave. Vá para a prática! Crie produtos (mesmo que eles não sejam dignos de nota 10), apresente para seus clientes, ouça opiniões, revise o produto e comece o ciclo novamente.

Dica 5

Domine a arte de se comunicar: esse é o último mas talvez a mais importante dica. Busque ao máximo experiências que te tirem da zona de conforto e façam você desenvolver sua arte de se comunicar. Afinal, empreender nada mais é do que vender uma ideia para clientes, seu time, investidores e outros envolvidos.

Vale lembrar que a Ideation Brasil promove, ao longo do ano, competições chamadas de “Sua Ideia na Prática”. O nome é sugestivo, pois é justamente o que ocorre: grupos de universitários se reúnem para desenvolver negócios, com boas premiações ao final do circuito e mais. Você pode conferir todas as informações no site oficial da organização.

Além disso, a Ideation também planeja levar uma equipe brasileira para representar o País na “Copa do mundo das startups”, em Copenhague, na Dinamarca, e para isso iniciou o financiamento coletivo “Mande o Brasil para a Copa Mundial de Startups Universitárias”. Acesse a campanha aqui e saiba os detalhes ou como dar sua contribuição.