Os nerds que viraram empreendedores de sucesso

Como a tecnologia influenciou o nerd empreendedor ao longo dos anos

Por Tais Carvalho - Em 25.05.2015


Nerds, intelectuais, “CDFs”. Apesar de alguns destes termos ainda serem usados de forma pejorativa, ‘ser nerd’ acabou por se tornar um dos estilos mais populares da atualidade. E não é para menos. O sucesso da cultura nerd vai muito além da moda; esqueça aquela imagem da pessoa de óculos, jeito desajeitado e estereotipado; o nerd atual é antenado, informado, e usa os diferentes mundos em que vive – HQs, jogos, internet – para alimentar um dos maiores combustíveis da inovação: a criatividade.

A popularidade dessa cultura definiu até mesmo uma data para comemorar. O “Dia da Toalha” é celebrado em 25 de maio para homenagear Douglas Adams, autor de uma das grandes obras de ficção científica, O Guia do Mochileiro das Galáxias. E não para por aí. A mesma data também comemora “O Dia do Orgulho Nerd”, a reviravolta daqueles que agora podem – e devem – mostrar com orgulho suas grandes paixões e hobbies. Mas esses não são os únicos motivos para comemorar.

O futuro do nerd

Sabe aquela música que diz que “o nerd de hoje é o cara rico de amanhã?”. Funciona mais ou menos assim. Nem todos podem se tornar “ricos”, ou “nerds de sucesso”. Mas há aqueles que empreenderam para isso, para mudar o mundo, a própria vida ou apenas para criar sucessos e influenciar a sociedade.

Investir em tecnologia e em novos conhecimentos trouxe mais do que apenas um hobby para o nerd. Sua capacidade de ver além conseguiu elevar o prazer ao negócio e os transformou em grandes empreendedores de sucesso. A prova? Bill Gates, Mark Zuckerberg e outros nomes que, literalmente, mudaram a forma como as pessoas conheciam o mundo da tecnologia e informação.

E, para entrar na comemoração, que tal conhecer alguns deles? Pegue sua toalha e lembre-se de grandes nerds empreendedores:

Mark Zuckerberg

Conhecido mundialmente, Mark Elliot Zuckerberg é um dos fundadores do Facebook, a maior rede social do mundo. Sua criação não só mudou, mas adaptou as pessoas para uma nova forma de comunicação online. Como boa parte daqueles considerados nerds, seu interesse por computadores e softwares veio desde pequeno. E isso também lhe abriu muitas portas. Um pouco sobre a sua história pessoal e a criação do Facebook foram retratados no filme “A Rede Social”.

Bill Gates

Bill Gates também provou que a tecnologia é um dos negócios do futuro. Junto com Paul Allen, ele foi um dos fundadores da Microsoft, uma das maiores empresas de software do mundo. Com um pensamento a frente do seu tempo, ele mostrou que para empreender também é necessário arriscar, e investiu em um mercado que até então era desconhecido. Atualmente, ele se tornou essencial.

Larry Page

E se em vez de buscar informação, você se tornar a fonte dela? É isso que Larry Page fez quando se uniu a Sergey Brin para criar o Google, uma das maiores empresas do mundo com produtos e serviços baseados na internet. A paixão por computadores novamente fez a diferença neste caso, principalmente para Larry, que direcionou todos os seus estudos para essa área. O sucesso foi consequência.

Steve Jobs

Se empreender e inovar significa encontrar oportunidades, Steve Jobs é certamente um grande exemplo disso. Além de ser cofundador da Apple, empresário e inventor, ele foi capaz de revolucionar a indústria de computadores, música, telefones e tablets. Com um pequeno projeto e grande paixão pela tecnologia, Jobs marcou o mercado da tecnologia e do consumo ao criar uma linha que representa não só uma marca, mas também um estilo de vida para o consumidor.

Jovem Nerd

Transformar o lazer em negócio é mais do que uma arte. É também abrir grandes portas no mercado, principalmente aquele voltado para a cultura nerd. Alexandre Ottoni e Deive Pazos – conhecidos como Alottoni e Azaghâl – são exemplos brasileiros de empresários que pegaram o barco da nova onda nerd. Juntos eles criaram o “Jovem Nerd”, um blog recheado com diversos temas e o “Nerdcast”, um programa de áudio com muito bom humor. Juntando filmes, quadrinhos, atualidades e vários formatos, eles conquistaram seu lugar no mercado e uma legião de fãs.