Scale-ups: as empresas que vão tirar o país da crise

Conheça o perfil dessas empresas que mantém o crescimento de em média 20% ano

Por Thalita Linhares - Em 25.11.2015


Durante quatro anos, de 2011 a 2014, a Endeavor Brasil e a Neoway, empresa especialista em Big Data, estudaram as empresas que têm gerado mais de 60% das novas vagas de empregos formais do país: as scale-ups.

As scales-up são empresas que mantiveram o crescimento de no mínimo 20% ao ano, no período de três anos seguidos. Segundo dados do IBGE, o Brasil tem cerca de 35 mil empresas com essa característica, o que representa menos de 1% do total do país.

Para se ter uma ideia, enquanto uma empresa “normal” contrata em média 0,34 funcionário por ano, uma scale-up gera 31 novos empregos, tendo impacto gigante na economia. Principalmenteem momentos de crise.

Se engana quem pensa que foram estudadas apenas grandes empresas. 92% delas são de pequeno e médio porte (PMEs), e 52% delas têm de seis a 15 anos de trajetória no mercado.

Onde estão?

Quanto à localização, das mais de 5,5 mil cidades brasileiras, 2.806, ou seja mais da metade delas, são sedes dessas empresas com crescimento considerado acelerado. Grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro, têm os maiores números absolutos de scale-ups, mas para surpresa de muitos, 60% delas estão em cidades com menos de 500 mil habitantes.

Os perfis empreendedores

Enquanto a média de idade dos empreendedores, no geral, é de 45 anos, entre as scale-ups, essa média sobe para 47 anos. Os jovens de até 28 anos representam apenas 5,5% dos empreendedores à frente de scale-ups no Brasil.

Se seis em cada dez dos empreendedores brasileiros são homens, nas scale-ups essa relação é ainda maior: quase 70% dos líderes das empresas que mais crescem são do sexo masculino.

Outra característica identificada é que, com a experiência adquirida no mercado, os donos dessas empresas estão mais propensos a ter sócios para compartilhar visões e competências distintas sobre um mesmo negócio. Se no Brasil o número de sócios de uma empresa é de aproximadamente 1,18, nas scale-ups esse número sobe para 2,32 por empresa.

Confira aqui a pesquisa completa.