Startup Weekend Negawatt: como resolver o problema da conta de luz?

As mudanças promovidas em uma comunidade empreendedora

Por Felipe Vinha - Em 22.04.2015


O Startup Weekend Negawatt ocorreu no último fim de semana, entre os dias 17 e 19 de abril, com o objetivo de gerar soluções para consumo eficiente de energia e água. Mais de 50 empreendedores compareceram, para elaborar suas ideias e, de quebra, reduzir o valor da sua conta de luz.

Foram 54 horas com muitas ideias e apoiadores que ajudaram a desenvolver estes conceitos. As equipes criaram projetos dignos de nota, mas apenas um deles foi selecionado como vencedor ao final – o Power Box. Trata-se de uma solução específica para academias de ginástica e musculação, onde a energia dos exercícios pode ser convertida em eletricidade.

Por meio de um pequeno aparelho, instalado nas bicicletas ergonômicas, os usuários da academia poderiam gerar essa energia com o exercício e ajudar a reduzir a conta de luz do estabelecimento – estima-se que o custo com energia elétrica em uma academia corresponda a 20% do faturamento do local.

A ideia vai receber apoio do Sebrae e do Nave, programa de pré-aceleração para startups da Universidade Estácio. Os vencedores vão disputar com os participantes das outras cidades que também receberam o desafio.

O empreendedor Gabriel Soares, um dos integrantes do grupo vencedor disse, ao terminar o Startup Weekend, que eles pretendem levar a ideia adiante. “Criamos o negócio pois tenho um amigo que é Personal Trainer e acabei descobrindo essa necessidade ao conversar com ele”, revelou. “Vamos continuar com o projeto e agora estamos com uma startup no Nave”, complementou.

Outros projetos também entraram na brincadeira, como a startup chamada Lebre, solução para acabar com ligações clandestinas em conta de luz em comunidades carentes e K-20, aplicativo para hotéis darem descontos a clientes que consomem menos energia.

Negawatt, o megawatt negativo

Negawatt (uma brincadeira com o termo “megawatt negativo”) é uma iniciativa global que ocorreu também em outros locais do mundo, como Nairobi, Kenya, Dar es Salaam, Tanzânia e Gana, com grande sucesso e adesão.

Para o Rio de Janeiro, o evento foi resultado de um trabalho em conjunto do Banco Mundial e da Prefeitura do Rio, em iniciativas como o diagnóstico TRACE sobre eficiência energética em vários setores da cidade. O desafio Negawatt é a continuação desse trabalho e visa soluções não apenas para a cidade, mas também para o país.
Com acompanhamento de mentores e dicas valiosas, os participantes do Negawatt puderam trabalhar em cima deste conceito e trazer as soluções à tona.